EUA vão mediar encontro de líderes da Sérvia e do Kosovo em setembro

Marcada para junho, reunião foi adiada após indiciamento do presidente kosovar por crimes contra a humanidade
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Os líderes da Sérvia e do Kosovo vão se encontrar em Washington, no próximo dia 2. O anúncio foi feito na última sexta (14) pelo enviado dos EUA à região, Richard Grenell, pelo Twitter.

De acordo com a emissora Radio Free Europe, quem lidera o encontro na Casa Branca é o conselheiro de segurança nacional Robert O’Brien. Participam o presidente sérvio, Aleksandar Vucic, e o premiê kosovar, Avdullah Hoti.

A fonte não identificada que adiantou a informação para a rádio diz que os EUA veem a cooperação econômica como “chave para avançar o processo de paz“.

O encontro bilateral estava marcado para junho e contaria com a presença do presidente do Kosovo, Hashim Thaci.

O governo norte-americano adiou a conversa após o indiciamento de Thaci por crimes contra a humanidade, derivados de sua participação na guerra de independência do Kosovo, no final dos anos 1990.

Os países vivem um imbróglio desde 2008, com a independência kosovar. Os EUA e a UE (União Europeia) reconhecem o país, Sérvia e Rússia não. Bruxelas tenta mediar a situação desde 2011, até o momento sem sucesso.

EUA vão mediar encontro de líderes da Sérvia e do Kosovo em setembro
O presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, na Assembleia-Geral da ONU de 2019 (Foto: UN Photo/Cia Pak)

O uso da palavra “negociação”, por exemplo, gerou mal-estar em Belgrado. Vucic teve de vir à público dizer que a Sérvia “não está em posição de recusar conversas”.

Já Thaci, que não irá ao encontro, cumprimentou os EUA. “Somos gratos pela dedicação tremenda à paz e à estabilidade na região”, tuitou.

Tags: