Bahrein também deve efetivar relações com Tel Aviv, diz imprensa israelense

Na coletiva que anunciou acordo com Emirados Árabes, EUA sinalizou possibilidade de novos entendimentos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O Bahrein deve ser o próximo país do Golfo Pérsico a estabelecer relações com o governo israelense, de acordo com altos diplomatas consultados nesta quinta (13) pela emissora pública Kan, de Tel Aviv.

O sultanato do Omã também estaria articulando um acordo com o governo de Benjamin Netanyahu, segundo o jornal “The Times of Israel“. O diário cita fontes ligadas ao governo norte-americano.

Bahrein deve ser o próximo a efetivar relações com Tel Aviv, diz imprensa israelense
O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, fala à Assembleia-Geral da ONU em 2018, em sua sede em Nova York (Foto: UN Photo/ Cia Pak)

Os EUA já haviam sinalizado na quinta que outros países seguiriam os Emirados Árabes Unidos. A informação foi adiantada, sem citar nomes, pelo genro do presidente norte-americano Jared Kushner, um dos negociadores.

O Bahrein foi um dos primeiros a felicitar os governos de Israel e dos Emirados Árabes pelo acordo de normalização das relações, firmado nesta quinta.

Segundo comunicado divulgado na imprensa oficial bareinita, “esse passo histórico contribui para fortalecer a estabilidade e a paz na região“.

Também afirmaram que o acordo “paralisa” a anexação de partes da Cisjordânia – a informação já foi relativizada por Netanyahu, criticado por setores mais à direita no espectro político israelense e avessos à solução de dois Estados para o conflito com a Palestina.

Tags: