Ásia e Pacífico

‘China quer desenvolvimento assim como resto do mundo’, diz Xi Jinping

Em reunião anual do Banco Asiático, presidente chinês afirmou que Beijing sempre “aderiu ao multilateralismo”

Em discurso durante reunião anual do AIIB (Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura), o presidente da China, Xi Jinping, afirmou que o país sempre “aderiu ao multilateralismo” e persegue o desenvolvimento “assim como todos os países do mundo”.

Também houve passagens sobre a necessidade de apoio mútuo e cooperação para que o mundo supere a crise global causada pela Covid-19.

A fala ocorre menos uma semana depois do fechamento dos consulados chinês em Houston (EUA) e norte-americano em Chengdu (China), representação de desacordo e tensão entre os dois países.

'China quer desenvolvimento assim como resto do mundo', diz Xi Jinping
Xi Jinping durante discurso em 2018 (Foto: Loey Felipe/UN Photo)

Apelo pela cooperação

Durante a sessão virtual com lideranças e especialistas, Jinping apelou aos países-membros para “abertura e cooperação” para uma maior e melhor infraestrutura de conectividade, inovação e inclusão. “Deixem que abramos novos caminhos e façamos do AIIB uma nova plataforma de desenvolvimento”, disse.

Xi defendeu “desenvolvimento por meio de avanço tecnológico”. O discurso não citou nominalmente a gigante de telecomunicações Huawei, que enfrenta resistência em países ocidentais. No Reino Unido, a empresa foi banida de participar da infraestrutura de 5G após suspeitas de falta de segurança.

Jinping também destacou a urgência de fazer com que o AIIB engaje um número ainda maior de países parceiros. “Isso passa por melhorar os nossos bens públicos, tanto na Ásia quanto em outras regiões.”, pontuou.

Hoje o Banco Asiático possui 45 países-membros da Ásia e 37 países-membros de outros continentes.