Manifestantes vão às ruas contra quarentena no sul da Rússia

Protestos acontecem na Ossétia do Norte, no Cáucaso, onde há poucos casos do novo coronavírus
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Manifestantes vão às ruas contra medidas de isolamento social na Rússia (Foto: Wikimedia Commons)

Centenas de pessoas foram às ruas no sul da Rússia neste domingo (19) para protestar contra as medidas de restrição do governo em relação ao novo coronavírus, de acordo com informações da agência de notícias Reuters.

As restrições de funcionamento de empresas por todo o país e a imposição de medidas de isolamento têm causado problemas econômicos para muitas famílias, principalmente nas regiões da Rússia onde os salários são mais baixos e o vírus tem menos disseminação.

O país tem 47,1 mil casos de pessoas infectadas com o Covid-19. Na Ossétia do Norte, onde os protestos aconteceram, registraram apenas 145 casos e duas mortes até agora.

O líder da região, Vyacheslav Bitarov, esteve no protesto na capital Vladikavkaz, onde centenas de pessoas se aglomeraram em uma praça. Nenhum deles usava máscara de proteção e alguns foram detidos pela polícia, de acordo com a mídia local.

O governo russo autorizou que os governadores de cada região tomassem suas próprias medidas para tentar frear a propagação do vírus.

Tags: