África

Lesoto se torna o último país da África a registrar caso de Covid-19

Primeira confirmação surge diante de incertezas políticas relacionadas ao premiê Thomas Thabane

O Lesoto registrou o primeiro caso do novo coronavírus nesta quarta (13). Com a notificação, tornou-se o último país do continente africano a ser vitimado pela doença. As informações são da agência de notícias Reuters.

As autoridades do país, um enclave dentro do território sul-africano, afirmam que 81 testes de diagnóstico já foram realizados em viajantes da África do Sul e Arábia Saudita. Apenas um teve resultado positivo. Outros 301 testes aguardam resultado.

O Lesoto vinha sendo poupado do vírus, apesar da vizinha África do Sul já ter registrado 11,3 mil casos confirmados e 206 mortes. Os dados são da OMS (Organização Mundial da Saúde), divulgados nesta quarta. Ao todo, o continente africano tem 49,4 mil infectados pela doença.

Lesoto se torna o último país da África a registrar caso de Covid-19
Vista de Maseru, capital do Lesoto (Foto: OER Africa/Wikimedia Commons)

Crise política

A doença atinge o país em um momento de incerteza política, já que o primeiro-ministro Thomas Thabane deve deixar o cargo até o fim da próxima semana. Ele e a atual esposa são acusado do assassinato da sua ex-mulher há quase três anos.

Não está claro quando Thabane irá renunciar, mas o parlamento já nomeou provisoriamente o ministro das Finanças Moeketsi Majoro como seu substituto.

Lesoto
Onde fica o Lesoto (Foto: Reprodução/Google Maps)