Europa

ONU: Portugal, berço da língua, destaca impacto global do idioma

Embaixador de Portugal, Francisco Duarte Lopes elogiou dinamismo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Este conteúdo foi publicado originalmente no portal ONUNews, da Organização das Nações Unidas

Este 5 de maio é o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Desde 2020, a data é marcada em nível global após uma resolução da Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura), que reconheceu o valor internacional da língua.

Falada num universo de 285 milhões de pessoas em quatro continentes, o português é língua oficial de nove países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. 

Nesta mensagem, gravada para celebrar a data, o embaixador de Portugal junto à ONU, em Nova York, Francisco Duarte Lopes, disse que o idioma é uma grande ponte de amizade entre povos e culturas.

ONU: Portugal, berço da língua portuguesa, destaca impacto global do idioma
O embaixador de Portugal na ONU, Francisco Duarte Lopes, em pronunciamento em Nova York, fevereiro de 2018 (Foto: Reprodução/Twitter/ONU Portugal)

“A designação do dia 5 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa foi um reconhecimento do seu alcance e do seu impacto verdadeiramente global. A língua portuguesa é uma ponte que cruza todo o oceano, liga todos os continentes, a sua riqueza provém também desta diversidade”, disse.

“Este valor é bem representado pelo dinamismo da CPLP, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, pontuou. Segundo o governo de Portugal, as comemorações este ano ocorrerão em 44 países e contam com pelo menos 150 atividades.

Os organizadores são a Cplp e o Instituto Camões, da Cooperação e da Língua, ambas as entidades com sede em Lisboa. Em Nova Iorque, Cabo Verde, que ocupa a presidência rotativa da Cplp, está organizando um evento com todos os países lusófonos.

O encontro deve contar com a participação de acadêmicos e da subsecretária-geral para Comunicação Global, Melissa Fleming. Para o embaixador de Portugal, a comemoração em Nova Iorque é também uma prova da contribuição do português para o multilinguismo. 

Primeira língua globalizada

“Aqui, no contexto das Nações Unidas, é muito importante celebrar o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Como sinal visível do multilinguismo, como testemunho de diversidade, inclusão e solidariedade e também como mais um passo para reforçar o papel da nossa língua no universo das Nações Unidas”.

Considerada a primeira língua a ser globalizada no mundo, o português ultrapassou fronteiras com as Grandes Navegações da Ásia às Américas passando pela África.

Hoje, o português é também língua oficial em Macau, na China, e falado como língua materna ou língua de herança por pelo menos 7 milhões de pessoas na diáspora, segundo dados do Instituto Internacional de Língua Portuguesa, Iilp, que tem sede em Cabo Verde.