Putin autoriza empréstimo de US$ 4 bilhões para Venezuela

Após sanções de países ocidentais, governo de Nicolás Maduro deve receber respiro de recursos por parte de Moscou
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, autorizou nesta segunda (20) um empréstimo de US$ 4 bilhões para a Venezuela. A informação é da agência de notícias russa Tass.

Putin assinou uma lei ratificando protocolo bilateral que autoriza a transação. Esse acordo, de dezembro de 2011, prevê a concessão do empréstimos a juros de 7,4% ao ano.

A norma também modifica cláusulas dos acordos relacionados à dívida de Caracas com a Rússia. Haverá reestruturação dos prazos de vencimento dos valores de empréstimo dos russos.

Putin autoriza empréstimo de US$ 4 bilhões para Venezuela
Os presidentes da Rússia, Vladirmir Pútin à esq. e da Venezuela, Nicolás Maduro, em encontro no Kremlin em 2013 (Foto: Presidência da Rússia)

A lei foi publicada, segundo a Tass, no portal de informações jurídicas do governo russo.

A Venezuela busca entre seus parceiros fontes de financiamento. O país já sofreu sanções por parte das principais potências ocidentais por violações de direitos humanos e vive há anos grave crise econômica.

No início da pandemia, o país tentou acesso a US$ 1 bilhão em ouro armazenado o Banco da Inglaterra. A retirada dos fundos foi negada.

Tags: