Uma pessoa infecta 533 com coronavírus em fábrica de peixe em Gana, na África

País tem 4,2 mil casos; indústria é da maior processadora de atum do mundo e não baixou medidas contra Covid-19
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Em uma fábrica de peixe na cidade costeira de Tema, em Gana, uma única pessoa conseguiu infectar outras 533 com o novo coronavírus. A notícia veio do presidente Nana Akufo-Addo, durante transmissão neste domingo (10). As informações são da Reuters.

Os 533 contaminados representam 11,3% dos casos do país, localizado no oeste da África. Gana tinha atraso de mais de um mês no registro dos casos, e 921 entraram nas estatísticas apenas na última semana.

A contaminação aconteceu em uma fábrica de peixe onde o homem trabalhava. Não havia nenhuma medida de contenção do vírus no local e todos os outros funcionários acabaram infectados.

Uma pessoa infecta 533 em fábrica de peixe em Gana, na África
Mercado em Tema, cidade costeira em Gana, na África (Foto: Wikimedia Commons)

A fábrica pertence à tailandesa Thai Union Group, maior processadora de atum do mundo, segundo a Reuters. A planta de Tema foi fechada e a empresa não quis comentar o caso.

O presidente ganês afirmou, também no domingo, que vai investir em testagem em massa no país. São 4.263 casos confirmados e 22 mortes, segundo o boletim desta segunda (11) da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Entre as políticas de isolamento adotadas por Gana, há um lockdown de três semanas em Accra e Kumasi, três maiores cidades do país. Escolas e universidades estão fechadas e foram proibidos eventos até o fim de maio.

Tags: