Américas

No Peru, número real de mortes por Covid-19 pode ser o dobro do atual

Autoridades estimam que mais de 27 mil mortes não tenham entrado nas estatísticas do novo coronavírus no país

O número oficial de mortos pelo novo coronavírus no Peru pode ser duas vezes maior do que o divulgado, de acordo a agência de notícias Associated Press. O governo e a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) investigam se o país deixou de contar mais de 27 mil mortes.

A ministra da Saúde do Peru, Pilar Mazzetti, alegou que esses óbitos não foram incluídos nos dados oficiais porque as vítimas não passaram por testes de detecção do novo coronavírus antes da decretação da morte.

Mazzetti também afirmou que os “padrões internacionais” exigiam, além do atestado de óbito por Covid, um teste que comprove o diagnóstico. A ministra prometeu uma auditoria dos números.

No Peru, número real de mortes por Covid-19 pode ser o dobro da atual
Se o aumento de mortes for confirmado, Peru estará entre os países com maior volume de óbitos do mundo (Foto: Ministério da Saúde do Peru)

Os dados oficiais divulgados por Lima informam um número próximo a 20 mil. Nas últimas semanas, a opinião pública local passou a questionar a veracidade da cifra.

Com o acréscimo de 27 mil mortes, o Peru alcançaria a marca de 43 mil óbitos. O número supera o de países como Espanha, França e Itália, epicentros da pandemia no início do ano. Nesta semana, cerca de quatro mil mortes foram incluídas nas estatísticas.

O Peru foi um dos primeiros a impor quarentena à sua população, já em 29 de março.