Ásia e Pacífico

Índia pede entrega rápida de armamento comprado da Rússia

Entrega de sistema de mísseis antiaéreos S-400 teria sido adiantada em um ano

A Índia solicitou entrega rápida de mísseis, munições e fuzis comprados da Rússia. Moscou afirma que atenderá a solicitação graças à situação tensa na fronteira indiana com a China. A informação é do caderno de economia do jornal “The Times of India”, de Mumbai.

Os armamentos encomendados são essenciais aos indianos caso os confrontos com os chineses se prolonguem pelas próximas semanas.

As tensões entre os dois países aumentou nos últimos dias após a morte de pelo menos 20 soldados indianos no último dia 15. Foram as primeiras mortes ali desde 1967, na sequência de uma guerra cinco anos antes que terminou com a derrota de Nova Délhi.

A entrega de sistema de mísseis antiaéreos S-400 teria sido adiantada em um ano, de acordo com o Moscow Times. Ao todo, a Índia adquiriu cinco, que chegarão ao território indiano até 2024.

Índia pede entrega rápida de armamento comprado da Rússia
Sistema de mísseis antiaéreos russo S-400 (Foto: Wikimedia Commons)

Os sistemas dão aos militares indianos a possibilidade de abater aeronaves e mísseis a uma distância sem precedentes. Três serão usados na fronteira com o Paquistão e dois, na fronteira chinesa.

Fontes disseram ao “Economic Times” que os dois países discutiram também o projeto de fabricação de espingardas na fábrica na cidade indiana de Amethi, por meio de uma joint venture.

O maior problema é o desacordo entre Índia e Rússia quanto ao alto custo imposto pelas autoridades indianas para transferência de tecnologia e fabricação das armas.