Em visita histórica, Papa Francisco planeja viagem ao Iraque em março

Viagem deve será a primeira de um Papa no Iraque; Francisco visitará cidades centrais na fundação da religião monoteísta
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O Papa Francisco disse, nesta segunda (7), que deve visitar o Iraque em março, registrou a Reuters. Se a viagem se confirmar, o pontífice se torna o primeiro a visitar o país do Oriente Médio.

O líder máximo da Igreja Católica manifestou a vontade de visitar a nação marcada por conflitos ainda em 2019. A viagem deveria acontecer em 2020, mas foi atrasada por conta da pandemia.

Em comunicado, o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, afirmou que a visita deve ser a primeira de 2021, entre 5 e 8 de março. Francisco irá a Bagdá e Ur, cidade ligada a Abraão, figura central das três grandes religiões monoteístas – Cristianismo, Islamismo e Judaísmo.

Em visita histórica, Papa Francisco planeja viagem ao Iraque em março
O Papa Francisco em aparição ao Vaticano, em setembro de 2013 (Foto: CreativeCommons/Franco Origlia)

O roteiro inclui ainda as cidades de Erbil, Mosul e Qaraqosh, na planície de Nínive. “O programa da viagem levará em consideração a evolução da emergência sanitária mundial”, pontuou Bruni.

A viagem é um convite do governo iraquiano e da Igreja Católica local. “Será uma mensagem de paz para os iraquianos de todas as religiões”, disse o presidente do país, Barham Salih, no Twitter.

Com cerca de milhões de habitantes, o Iraque concentra diversas igrejas de rito oriental, tanto católicas quanto ortodoxas. A pequena população cristã, no entanto, sofreu sobretudo com o controle do Estado Islâmico em algumas regiões, entre 2014 e 2017.

Uma fonte do Vaticano disse à Reuters que o objetivo da viagem é “confortar os cristãos do país” forçados a fugir do Iraque em meio a guerras e conflitos de cunho religioso.

Tags: