Famoso por revitalizar Havana, cubano Eusebio Leal morre de câncer aos 77

Historiador e doutor honoris causa, Leal militou por 40 anos pela manutenção do patrimônio cultural 'habanero'
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Após anos de luta contra um câncer, o historiador Eusebio Leal Spengler, 77, morreu na capital cubana Havana no dia 31 de julho.

Leal era conhecido por dedicar-se à restauração e conservação do patrimônio histórico e cultural da Havana Velha. O historiador foi reconhecido internacionalmente após 40 anos de trabalho.

Ainda em vida, foi diretor do Museu da Cidade e do Gabinete do Historiador de Havana e recebeu título de Doutor Honoris Causa em diversas universidades cubanas e estrangeiras.

Famoso por revitalizar Havana, cubano Eusebio Leal morre de câncer aos 77
O historiador cubano Eusebio Leal, responsável pela revitalização da capital Havana (Foto: Wikimedia Commons)

De acordo com a Agência EFE, a despedida foi adiada devido às limitações impostas pela pandemia. Mesmo que praticamente erradicados em Cuba, casos de Covid-19 ainda são registrados em Havana.

“As cinzas serão conservadas para que, controlada a epidemia, nosso povo possa lhe prestar uma homenagem merecida”, disse uma nota divulgada pela mídia estatal.

Tags: