Aos 91, emir do Kuwait viaja para tratamento e gera temor sobre sucessão

Xeique Sabah Al-Ahmed Al-Sabah estaria em condições estáveis após cirurgia "bem-sucedida" no último dia 19
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O emir do Kuwait, xeique Sabah Al-Ahmed Al-Sabah, 91, chegou aos Estados Unidos na última quinta (22) para um tratamento pós-operatório, informou a Bloomberg. Segundo a agência de notícias estatal KUNA, o emir está em condições estáveis após procedimento “bem-sucedido” no último dia 19.

Sabah foi acompanhado ao aeroporto do Kuwait pelo príncipe herdeiro Nawaf Al-Ahmed Al-Sabah, meio-irmão do emir, de 83 anos, que assumiu temporariamente algumas das funções e deveres do líder kuwaitiano.

Emir do Kuwait chega aos EUA para tratamento pós-operatório
Emir do Kuwait, xeique Sabah Al-Ahmed Al-Sabah, em 2009 (Foto: Casa Branca/Reprodução)

A situação clínica do xeique Sabah gerou ansiedade entre os investidores e levou a Boursa Kuwait, bolsa de valores do país, a cair 4% na última semana. Foi amaior queda semanal desde o início de abril.

Dúvidas sobre a sucessão

Em caso de falecimento do emir, o príncipe herdeiro ascende ao poder, e deve nomear um novo herdeiro em seis meses. A partir da nomeação, o Parlamento precisa endossar a escolha.

Apesar de ter ocupado vários cargos no governo, Nawaf tem pouco envolvimento na gestão da economia kuwaitiana, causando dúvidas sobre sua subida ao poder, segundo o colunista Bobby Ghosh, da Bloomberg.

A idade do príncipe herdeiro também preocupa. A situação pode levar a uma lutar de poder entre os dois principais ramos da família Sabah, os Jaber, do atual emir, e os Salem.

O próximo príncipe herdeiro, xeique Nasser Sabah, filho mais velho do emir, também levanta alerta sobre uma disputa na linha de sucessão. No ano passado, ele foi demitido pelo pai do Ministério da Defesa, após uma discussão com outro ministro.

Tags: