Facebook eleva gastos em lobby para US$ 4,8 milhões no 2º tri de 2020

Empresa enfrenta projetos de lei sobre a responsabilidade de redes sociais sobre o conteúdo postado nas plataformas
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O Facebook gastou US$ 4,8 milhões em lobby no segundo trimestre de 2020 nos EUA, após desembolsar US$ 5 milhões no primeiro trimestre deste ano. O levantamento é feito pela ONG norte-americana Open Secrets, que divulga dados sobre a atividade, regulamentada no país.

O ritmo para 2020 segue o crescimento observado nos últimos anos. Em 2018, foram investidos US$ 12,6 milhões. No ano passado, a empresa gastou US$ 16,7 milhões no total.

O Facebook enfrenta vários projetos de lei. A maioria tem como objetivo de eliminar a imunidade legal que impede a responsabilização de redes sociais pelo conteúdo postado pelos usuários.

Facebook gasta US$ 4,8 milhões em lobby no 2º trimestre de 2020
Facebook (Foto: Pexels/Reprodução)

Entre as propostas, está o EARN IT, que aborda a questão da pornografia infantil na internet. Ela estabelece um conjunto de práticas a serem seguidas pelas empresas de tecnologia e retira a imunidade de quem não atende aos padrões.

O aumento de gastos e a contratação do proeminente lobista Dave Lugar ocorreram pouco antes de uma auditoria independente de direitos civis. Nela, investigou-se a recusa do Facebook de limitar discurso de ódio, além de postagens contendo desinformação, sobretudo por parte de políticos.

As políticas da empresa também foram alvo de um boicote por parte de importantes anunciante. Entre eles, Ford, Microsoft e Coca-Cola, além de como protestos de funcionários da empresa.

Tags: