Em eleições locais na Rússia, vitórias de 80% pelo partido de Putin levantam suspeitas

Seis candidatos governistas venceram com 80% dos votos; ligeira vitória da oposição acende alerta
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Todos os novos governadores das 18 regiões da Rússia em disputas diretas para governador, no domingo (13), são do partido Rússia Unida, do presidente Vladimir Putin.

As eleições escolhiam representantes para diversos cargos nos níveis municipal, regional e federal, em 41 das 85 regiões do país.

Na escolha dos governadores, a mais proeminente, pelo menos sete dos novos líderes foram eleitos com mais de 80% dos votos. Os índices extremamente favoráveis levantam, novamente, a suspeita de manipulação eleitoral, reportou o jornal inglês “Financial Times”.

A ONG Golos denunciou ilegalidades na campanha, marcada pelo aumento da pressão em Putin logo após o suposto envenenamento do líder opositor Alexei Navalny.

Governadores do partido de Putin vencem em 18 regiões da Rússia
O líder opositor russo, Alexey Navalny, em pronunciamento em maio de 2013 (Foto: Evgeny Feldman/Novaya Gazeta)

“Estamos recebendo informações de diversas regiões que podem indicar falsificações no preenchimento de cédulas”, comunicou a organização.

Ainda assim, em Tomsk – cidade onde Navalny fazia sua campanha antes de adoecer subitamente durante o vôo para Moscou –, a Rússia Unida ficou atrás dos partidos da oposição, que conquistaram 26 dos 37 assentos para a Câmara Municipal.

Nas eleições anteriores, o partido de Putin ocupou 21 lugares de 35. O mesmo ocorreu em Tambov, município a 450 quilômetros de Moscou.

O partido de Putin mantém a maioria absoluta do Parlamento federal e dirige grande parte dos parlamentos regionais.

A tímida vitória pode ser um indicativo do que espera Putin nas eleições parlamentares de 2021. Com queda da renda real, impostos mais altos e aumento da idade da aposentadoria, a popularidade da Rússia Unida é a mais baixa já registrada.

Tags: