Grã-Bretanha e Ucrânia assinam acordo bilateral ‘contra influência’ russa

Londres e Kiev buscam aliados para recuperação econômica após conflitos e Brexit; acordo foi assinado no dia 8
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Em busca de parcerias no exterior, Grã-Bretanha e Ucrânia assinaram um acordo bilateral no dia 8. O objetivo, segundo o premiê inglês, Boris Johnson, fazer frente às “influências malignas” da Rússia, registrou a Radio Free Europe.

As tratativas entre os dois países vem em um mau momento na situação política e econômica de Londres e de Kiev. Com a assinatura, os dois países passam a cooperar em áreas como o comércio, defesa e política.

De um lado, os ingleses buscam estabelecer parcerias para um pós-Brexit, que terá encerrará seu período de transição em janeiro.

Em acordo bilateral contra a Rússia, Grã-Bretanha e Ucrânia unem forças
O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e o premiê do Reino Unido, Boris Johnson, em tratativas para o acordo em agosto de 2020 (Foto: Downing Street/Andrew Parsons)

Já a Ucrânia tenta retomar a normalidade após o acordo de cessar-fogo com a Rússia, os separatistas das regiões de Donestsk e Lugansk, no leste do país, e a OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação da Europa).

Ainda que as disputas tenham se acalmado no país, as partes ainda trocam acusações e há frequentes violações de cessar-fogo.

No novo termo, os dois países substituem elementos-chave da parceria pré-existente entre a Ucrânia e a UE (União Europeia).

“Qualquer que seja o nosso apoio à defesa, esforços de estabilização, assistência humanitária ou estreita cooperação em questões políticas”, disse Johnson. “A mensagem é clara: estamos totalmente empenhados em defender a soberania e integridade territorial da Ucrânia”.

Tags: