Austrália integrará treinamento naval de EUA, Índia e Japão em 2020

Tensão com China pode ter estimulado participação da Austrália no treinamento; ação deve acontecer até dezembro
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Além dos já tradicionais Japão, EUA e Índia, a Austrália também deverá participar do treinamento naval conjunto em 2020, informou a Bloomberg na segunda (19).

O treinamento Malabar acontecerá na Baía de Bengala e no Mar da Arábia no final do ano. De acordo com uma nota do Ministério da Defesa da Índia, a inclusão de Canberra visa “fortalecer a coordenação entre as Marinhas”.

Na prática, o aumento da tensão entre Beijing e os países que integram a coalizão pode ter facilitado o reingresso australiano no treinamento naval. O bloco foi reativado em 2017.

Além de uma disputa comercial e tecnológica com os EUA, a China também tem conflitos com a Índia. O impasse sobre regiões da fronteira do Himalaia, já se prolonga por mais de 40 anos.

Austrália integrará treinamento naval de EUA, Índia e Japão em 2020
Soldados do Exército dos EUA em treinamento em Bremerton, distrito próximo a Washington em outubro de 2019 (Foto: U.S. Navy/Cheyenne Geletka)

Aliada aos EUA, Canberra discorda da expansão chinesa no Mar do Sul da China.

“O Exercício Malabar demonstra a profunda confiança entre quatro grandes democracias do Indo-Pacífico e sua vontade comum de trabalhar juntos em interesses de segurança comuns”, disse a ministra da Defesa da Austrália, Linda Reynolds.

“Tomamos nota desse desenvolvimento”, afirmou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, na terça (20). Segundo ele, a China espera que a cooperação militar leve os países “à paz e estabilidade regional”.

Tags: