Ásia e Pacífico

Erdogan visitará Azerbaijão para desfile da vitória de Nagorno-Karabakh

Além de reunir soldados azeris, desfile da vitória apresentará armas e veículos capturados da Armênia no conflito

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, visitará o Azerbaijão para a cerimônia de celebração à vitória do país nas disputas de Nagorno-Karabakh, informou a estatal turca Anadolu Agency.

Erdogan viaja nesta quarta (9) a Baku, capital azeri. A visita marca a conclusão do recente sucesso militar do Azerbaijão nos confrontos pelo território, após 30 anos de ocupação de tropas da Armênia.

Um desfile marcará a vitória nesta quinta (10). A expectativa é que milhares saiam às ruas para receber os 3 mil soldados que retornam da disputa. Segundo a AA, ruas e edifícios da capital estão decorados com bandeiras da Turquia e do Azerbaijão.

Além de equipamentos militares azeris, como drones comprados de Ancara, armas e veículos capturados das forças armênias também estarão em exposição no desfile.

Presidente da Turquia visitará Azerbaijão em desfile da vitória de Nagorno-Karabakh
Ensaio do desfile de vitória do Azerbaijão na região disputada de Nagorno-Karabakh contra a Armênia, em Baku, dezembro de 2020 (Foto: Anadolu Agency)

A presença de Erdogan pavimenta a crescente influência da Turquia no Azerbaijão – um dos países considerados pelos russos parte seu “quintal geopolítico”. Especialistas já chamavam a atenção para a participação de Ancara em Nagorno-Karabakh em meio ao conflito reiniciado em julho.

Ainda que a Rússia tenha orquestrado a mediação e enviado tropas de paz à região, foi seu próprio aliado, a Armênia, quem teve de ceder para os azeris.

Junto do presidente Ilham Aliyev, no poder desde 2003, Erdogan deve ainda discutir esforços do Azerbaijão em plataformas internacionais e fortalecer a cooperação entre os dois países, disse a AA.

Os presidentes visam assinar “vários acordos”, disse a agência turca. Não está claro, no entanto, sobre qual negociação os líderes aliados devem se debruçar durante o encontro.