Hong Kong registra pior retração econômica desde 1974

Governo aponta queda de 8,9% no primeiro trimestre deste ano; retração era esperada mesmo sem pandemia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

A economia de Hong Kong deve registrar uma retração de 8,9% no primeiro trimestre deste ano, em comparação ao mesmo período de 2019. As informações são da agência de notícias Associated Press.

Este é o pior desempenho para o índice desde o começo dos relatórios trimestrais, em 1974. O governo do território autônomo afirmou nesta segunda (4) que a situação econômica já era ruim mesmo antes da pandemia do novo coronavírus.

Centro de teste para coronavírus em Hong Kong (Foto: Governo de Hong Kong)

O cenário foi influenciado pelo fraco comércio global, pelo turismo em queda e pelos protestos anti-governamentais que começaram em junho do ano passado.

As exportações caíram 9,7% no primeiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior. As exportações de serviço registraram uma queda de 37,8% e os gastos dos consumidores encolheram em 10,2%.

No relatório divulgado nesta segunda, o governo afirma esperar uma recessão mais longa, apesar da diminuição dos casos de coronavírus, já que as tensões comerciais estão voltando a se aquecer e a retomada de protestos é esperada.

De acordo com dados do governo, Hong Kong registrava até esta segunda 1.041 casos do novo coronavírus e quatro mortes pela doença.

Tags: