Rússia recebe políticos da extrema direita alemã e fala em ‘reinício’ nas relações

"Contamos com a contribuição dos senhores", afirmou o chanceler russo Sergeu Lavrov a políticos alemães do AfD
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Em reunião com políticos do partido alemão de extrema direita AfD (Alternativa para a Alemanha), nesta terça (8), o ministro da Rússia, Sergei Lavrov, pediu um “reinício” na relação entre os dois países.

O envenenamento do opositor ao Kremlin, Alexei Navalny, em agosto, abalou os laços bilaterais depois que Berlim acusou Moscou de planejar o ataque. “Os problemas só estão se multiplicando”, disse Lavrov, em registro da estatal russa Tass.

“Contamos com a contribuição dos senhores para a manutenção de nossas relações. Precisamos de um reboot, como chamam hoje”, afirmou, referindo-se ao termo usado na tecnologia de informação para reiniciar um aparelho eletrônico.

"É preciso reiniciar com a Alemanha", diz ministro da Rússia a políticos alemães
O ministro russo Sergey Lavrov e o vice-líder do partido AfD (Alternativa para a Alemanha, em alemão), Tino Chrupalla, em Moscou, dezembro de 2020 (Foto: Divulgação/AfD)

Conforme a Deutsche Welle, a comissão da AfD expressou duras críticas à atmosfera política da Alemanha. O vice-líder do partido, Tino Chrupalla lamentou a sigla ser “tão desacreditada” no país.

Críticos acusam o partido de construir a sua política anti-imigração sob bases racistas e de ter ligação com grupos neonazistas.

Chrupalla pediu ainda a conclusão do projeto de gasoduto russo-alemão Nord Stream 2. A parte já entregue do megagasoduto, inaugurada em 2011, já representa 40% do gás natural que abastece os alemães.

Com conclusão prevista para o final do ano, a obra está em marcha lenta desde que Berlim ameaçou suspensão, em represália ao ataque e campanha contra Navalny.

Lavrov respondeu à polêmica gerada na Alemanha sobre a visita da cúpula à Rússia. “Ficamos surpresos com as tentativas oficiais de dificultar a visita”, apontou, sem citar nomes ou ocasião.

Tags: