Setor de turismo espera recuperação rápida, diz agência da ONU

Apesar das perdas que podem bater US$ 50 bi neste ano, representantes esperam alta na demanda após pandemia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

A demanda por turismo será uma das responsáveis pela recuperação econômica após o fim da pandemia do novo coronavírus, na avaliação da OMT (Organização Mundial do Turismo).

O setor, responsável por 10% do Produto Interno Bruto mundial, foi um dos que sofreu maior impacto com as restrições de movimentação causadas pelo Covid-19. O turismo emprega um em cada dez trabalhadores em todo o mundo.

Turismo pode liderar recuperação econômica após pandemia, diz agência da ONU (Foto: Wikimedia Commons)

“Com o turismo suspenso, milhares de empregos podem deixar de existir e os progressos alcançados nos campos de igualdade e crescimento econômico sustentável poderiam se perder”, aponta o secretário-geral da OMT.

De acordo com a OMT, o turismo mundial pode amargar perdas de US$ 30 a US$ 50 bilhões em gastos dos turistas. A quantia representa uma queda de 20% a 30% no movimento de turistas esperados para o ano.

Apesar das perdas, representantes do setor mostram-se otimistas com o pós-crise. O georgiano Zurab Pololikashvili, secretário-geral da OMT, lembrou que o setor foi resiliente em períodos como o posterior à crise econômica de 2008-2009.

Segundo dados da própria organização, houve queda de 4% no número de chegadas internacionais de turistas naquele ano. Em 2010, a recuperação recomeçou, com alta de 7% no volume de turistas viajando para o exterior.

“Nosso setor irá fornecer os empregos necessários para as pessoas se recuperarem e impulsionará o crescimento econômico”, afirmou durante uma entrevista em março. Enquanto a pandemia não acaba, a OMT estimula o investimento financeiro e político ao setor.

Tags: