Moldávia pede aos EUA extradição de magnata acusado de roubo de US$ 1 bi

Vladimir Plahotniuc seria um dos responsáveis por desviar o equivalente a 1/8 do PIB do país entre 2014 e 2015
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

A Moldávia confirmou nesta terça (16) ter pedido aos Estados Unidos a extradição do magnata Vladimir Plahotniuc, acusado de envolvimento no roubo de US$ 1 bilhão de bancos de seu país natal entre 2014 e 2015.

Segundo informações da agência de notícias Reuters, Plahotniuc, uma das pessoas mais ricas da Moldávia, se mudou para os EUA no ano passado. A expatriação ocorreu após o partido que liderou e o elegeu três vezes como deputado perder poder nas últimas eleições.

No país, o caso ficou conhecido como o “roubo do século”. Cerca de um oitavo da produção anual do país foi roubado de três das maiores instituições financeiras da Moldávia.

Moldávia pede aos EUA extradição de magnata acusado de roubo de US$ 1 bilhão
Moldávia pede extradição do magnata Vladimir Plahotniuc (Foto: Wikimedia Commons)

No mês passado, o procurador geral do país disse ter acusado o magnata pela formação de uma organização criminosa, extorsão e fraude. A defesa de Plahotniuc nega as acusações.

Em julho de 2019, o oligarca afirmou em rede social ser alvo de uma campanha russa para “me intimidar e me descreditar”.

O secretário de Estado estadunidense Mike Pompeo declarou que as ações do magnata “comprometeram de maneira grave a independência das instituições democráticas” do país do leste europeu, um dos mais pobres do continente.

Onde fica a Moldávia (Foto: Reprodução Google Maps)

Tags: