Sérvia investiga mídia e ONGs por “terrorismo” e “lavagem de dinheiro”

Críticos apontam para a tentativa de intimidação e perseguição pelo governo do presidente Aleksandar Vucic
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

O Ministério das Finanças da Sérvia abriu uma investigação contra jornalistas e ONGs por suposto financiamento e lavagem de dinheiro. À Radio Free Europe, críticos apontam para a tentativa de intimidação pelo governo do presidente Aleksandar Vucic.

Desde o início do ano passado, o ministério solicita informações bancárias de 20 indivíduos e 37 organizações não-governamentais conhecidas pelo trabalho com direitos humanos, transparência e exposição de corrupção.

Os alvos defendem ainda a adesão da Sérvia à União Europeia e reformas associadas para a entrada. Entre elas, fortalecimento institucional e de mecanismos de accountability, além de reformas macroeconômicas liberalizantes.

Sérvia investiga mídia e ONGs por terrorismo e lavagem de dinheiro
Prédio do governo da Sérvia, em Belgrado (Foto: Wikimedia Commons/Reprodução)

O chefe da unidade anti-lavagem de dinheiro da pasta afirma que os pedidos são procedimento padrão e não direcionado a críticos do governo sérvio.

Para o diretor da Anistia Internacional na Europa, Nils Muiznieks, o movimento é um “ato flagrante de uma campanha em andamento das autoridades sérvias para silenciar os críticos”, minando o direito à liberdade de expressão e de imprensa.

Tags: