Oriente Médio

Irã constrói estação nuclear subterrânea, aponta Agência de Vigilância da ONU

Instalação deve ser usada para a montagem de centrífugas para enriquecer urânio; antiga estação explodiu em julho

O governo do Irã está construindo uma instalação nuclear subterrânea. A confirmação veio do diretor-geral da Aiea (Agência de Vigilância Atômica das Nações Unidas, em inglês), Rafael Grossi, à Associated Press, na terça (27).

Na fábrica em construção está prevista a montagem de centrífugas para enriquecer urânio depois da explosão de uma estrutura semelhante em Natanz, na capital Teerã, em julho.

A nova estrutura está sendo construída em Isfahan, região central do Irã. “Eles começaram, mas ainda não concluíram. É um longo processo”, disse Grossi.

Irã constrói estação nuclear subterrânea, diz ONU
O diretor da Agência de Vigilância em Armas Nucleares da ONU, Rafael Grossi, em fala na capital austríaca, Viena, em outubro de 2020 (Foto: IAEA/Dean Calma)

O governo iraniano ainda alimenta o seu estoque de urânio pouco enriquecido, comumente usado na fabricação de armas nucleares. Ainda assim, o volume não parece ser suficiente para produzir uma arma, afirmaram inspetores da Aiea.

“O Irã ainda não possui quantidade significativa de urânio suficiente para produzir uma bomba”, afirmou Grossi. “Essas são apenas projeções, não fazemos especulação”.

Estoque só aumenta

De acordo com o último relatório da Aiea, o Irã possui pouco mais de 2,1 toneladas estocadas de urânio. Em junho, o país guardava 1,73 toneladas. Pelo acordo nuclear, Teerã pode ter até 202,8 quilos de urânio enriquecido.

O país também desrespeita os índices de pureza permitidos pelo acordo: quando enriquecido, o urânio pode ter somente 3,67% de pureza – quase um ponto percentual a menos que o obtido hoje, com 4,5%.

Para produzir uma arma, é preciso 1,16 tonelada de urânio com menos de 5% de pureza, apontou a Associação de Controle de Armas, de Washington, à Al-Jazeera.

O governo do Irã afirma que o país não tem objetivo nuclear e que o programa atômico é voltado apenas para a produção de energia.